Taxa de Juros de Longo Prazo é mantida em 9,75%

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu manter em 9,75% a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), informou o diretor de Normas do Banco Central, Sergio Darcy. O índice, revisto a cada três meses, vem sendo mantido desde abril deste ano. De janeiro a março, a taxa era de 10%. A TJLP representa o custo básico, principalmente, de financiamentos a empréstimos concedidos pelo BNDES, e é definida por uma combinação de dois fatores: perspectiva de inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 12 meses e pelo prêmio de risco do País.Segundo informou Darcy, a perspectiva de pequena elevação da taxa de inflação para 2005 foi a responsável pela manutenção da TJLP.Já o prêmio de risco caiu. Pelos números divulgados por Darcy, no cálculo da TJLP, a inflação em 12 meses subiu de 5% para 5,25% enquanto o prêmio de risco caiu de 4,75% para 4,5%, fazendo com que a TJLP ficasse com o mesmo valor em relação ao trimestre anterior.Ao ser questionado sobre o pedido do presidente do BNDES, Carlos Lessa, que se manifestou favorável a uma taxa de 8%, Darcy limitou-se a dizer que o BC faz um trabalho técnico para propor o valor da taxa ao CMN.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.