Taxa média de juros cai e bancos emprestam mais, diz BC

A taxa de juros média aplicada pelo sistema financeiro em outubro, nas operações com recurssos livres, foi de 48,6% ao ano. De acordo com dados divulgados hoje pelo Departamento Econômico (Depec) do Banco Central, essa taxa média ficou 1,2 ponto porcentual abaixo da registrada em setembro. Na avaliação dos técnicos do BC que elaboraram os dados, embora em ritmo mais moderado, o comportamento das taxas de juros manteve, em outubro, a trajetória declinante iniciada em abril. A taxa média aplicada nas operações com empresas foi de 32,5% ao ano, o que representou queda de 1,5 ponto porcentual em relação ao patamar de setembro. No caso das pessoas físicas, a taxa média de juros caiu de 70,7% ao ano para 69,4% ao ano. O spread médio das operações de crédito com recursos livres ficou em 30,5% ao ano, no mês de outubro. O spread é a diferença entre a taxa de captação dos bancos e a cobrada dos tomadores finais de empréstimos. Nas operações com empresas, o spread ficou em 14,2% ao ano, no mês passado e, para as pessoas físicas, em 51,7% ao ano. Empréstimos bancários cresceram 1% O Sistema Financeiro Brasileiro registrou um volume de R$ 394,557 bilhões em operações de crédito em outubro. "A evolução das operações de crédito no mês passado apresentou comportamento similar ao observado em setembro, refletindo principalmente o incremento da demanda sazonal de recursos por parte do setor produtivo, associado ao ritmo mais intenso das atividades de alguns segmentos da indústria e do comércio nesse período do ano", afirmam os técnicos do Departamento Econômico do BC, em documento divulgado hoje.O volume de operações de crédito em outubro ficou 1% acima do registrado em setembro e foi equivalente a 25,5% do PIB. Os empréstimos concedidos pelo Sistema Financeiro Privado somaram R$ 233,904 bilhões, o que representou uma expansão de 0,7% no mês. A carteira dos bancos públicos somou R$ 160,653 bilhões, com crescimento de 1,3% no mês.

Agencia Estado,

25 de novembro de 2003 | 12h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.