TCU apura falhas em arrecadações da CPMF e do IOF

O Tribunal de Contas da União (TCU) constatou por meio de auditoria falhas na atuação do Banco do Brasil como agente arrecadador e responsável tributário da CPMF e do IOF. Segundo nota distribuída pelo TCU, a Secretaria de Macro Avaliação Governamental (Semag), responsável pela auditoria, também analisou a atuação, junto ao BB, da Secretaria da Receita Federal e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), gerentes dos dois principais sistemas de arrecadação do governo federal.Entre as falhas apuradas estão diferenças entre a arrecadação informada e os valores repassados, incorreção dos valores recolhidos a título de IOF e ausência de fiscalização no local pela Receita e pelo INSS, dos agentes arrecadadores. O TCU fez uma série de recomendações às instituições e determinou que as falhas sejam reparadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.