Dida Sampaio/Estadao
Dida Sampaio/Estadao

TCU instaura processo para punir Andrade e Valec em obras da Ferrovia Norte-Sul

Relator diz que foi ampltamente comprovada a existência de casos de preços superfaturados

André Borges, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2017 | 17h09

O Tribunal de Contas da União (TCU) instaurou processo de tomada de contas especial para punir responsáveis por irregularidades identificadas em um contrato firmado entre a empreiteira Andrade Gutierrez e a estatal Valec.

As irregularidades foram encontradas na execução de obras em trecho da Ferrovia Norte-Sul. Segundo o ministro relator do processo no TCU Walton Alencar Rodrigues, “foi amplamente comprovada pela auditoria” a existência de casos de preços superfaturados.

Os processos de tomada de contas especial são instaurando pelo TCU apenas em casos onde já exista comprovação de irregularidades. Esse tipo de processo serve para estipular punições e apontar os responsáveis.

A Andrade Gutierrez havia apresentado um pedido de reexame do caso pelo TCU, que tinha determinado anteriormente à Valec que fizesse a repactuação do contrato com a empreiteira, que atuou em um trecho da Norte-Sul no Tocantins. O trecho, segundo o TCU, já teve suas obras concluídas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.