Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

TCU vê irregularidades na venda de ações da Petrobras

O Tribunal de Contas da União (TCU) constatou irregulares nos dois primeiros estágios da venda das ações preferenciais da Petrobras ao público, ocorrida em julho de 2001. Em razão das irregularidades, o tribunal multou os ex-presidentes do BNDES, Francisco Gros e Eleazar de Carvalho Filho, em R$ 10.000,00 cada.Os auditores encontraram três problemas: contratação sem licitação do banco Salomon Smith Barney para os serviços de estruturação, coordenação e execução da alienação dos papéis; contratação tardia do auditor externo e envio da documentação ao TCU fora dos prazos legais. Nessa oferta pública as pessoas não tiveram incentivos como descontos e utilização do FGTS, que marcaram a venda das ações ordinárias (ON) da empresa em 2000. Foram oferecidas 35,984 milhões de ações preferenciais, das quais 77,7% foram adquiridas por investidores externos. Na ocasião, o BNDES obteve US$ 702 milhões com a venda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.