Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Técnicos da Opep não vêem razão para alta na produção

Uma comissão técnica da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que monitora a situação do mercado de petróleo, ouviu em reunião ontem e hoje que não há evidências que sustentem uma elevação da produção, uma vez que os números indicam que a oferta deverá superar a demanda, informou uma fonte familiarizada com as discussões.Os ministros de Petróleo dos 13 países membros do grupo, que fornece quatro de cada dez barris de petróleo consumidos no mundo, irão se reunir no dia 5 de março para discutir a política de produção em meio a fatores contrastantes de preços subindo para recordes de alta e demanda enfraquecendo.Os grandes consumidores de petróleo, como EUA, estão lutando contra a inflação com os preços do petróleo perto das máximas históricas e devem ficar decepcionados se a Opep não concordar em aumentar a oferta no mercado."A real situação de oferta-demanda está ficando apertada", disse o ministro de Economia, Comércio e Indústria do Japão, Akira Amari. Para ele, a falta de uma ação da Opep em relação à produção de petróleo foi a causa por trás dos recentes aumentos nos preços da commodity.DemandaMembros da Diretoria de Comissão Econômica da Opep, que não tem capacidade de aconselhamento, mas que monitora os fundamentos do mercado de petróleo, reuniram-se na quinta e na sexta-feira na sede do cartel, em Viena, e ouviram que a oferta deve superar a demanda este ano.A demanda deve aumentar em 1,2 milhão de barris por dia este ano, enquanto a oferta deve subir 1,4 milhão de barris por dia, sendo que meio milhão de barris por dia virão dos países da Opep, informou à Dow Jones uma autoridade que participou do encontro.Embora a diretoria econômica não tenha capacidade de aconselhar, duas autoridades que participaram do encontro disseram que o sentimento é firmemente contra uma elevação da produção e a favor de uma manutenção. As informações são da Dow Jones.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

29 de fevereiro de 2008 | 15h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.