Técnicos da Petrobras vão à Holanda estudar plataformas

A Petrobras enviou à Holanda uma equipe com nove técnicos para estudar formas de simplificar os projetos para a construção de plataformas de exploração e produção destinadas a operarem na camada pré-sal. "A idéia é utilizarmos a experiência obtida com a tentativa de redução de custos neste projeto para desenvolvermos projetos simplificados para a camada pré-sal, na tentativa de reduzirmos ao máximo o valor destas unidades", disse o engenheiro Marcos Assayag, do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes). Ele lembrou que a produção nestas áreas certamente demandará unidades mais caras e a Petrobras quer eliminar dos projetos custos adicionais.RoncadorO campo de Roncador, na Bacia de Campos, deverá tornar-se o maior produtor de petróleo do Brasil em meados de 2008, ultrapassando o atual campo de Marlim, também na Bacia de Campos. Segundo o coordenador de projetos de Roncador, Vilmar Carneiro Barbosa, a perspectiva é que o campo ultrapasse Marlim tão logo a P-52 e a P-54 (que teve suas operações iniciadas ontem) atinjam seu pico de produção de 180 mil barris de petróleo por dia cada uma. Com isso, o campo atingirá a 460 mil barris de óleo. Marlim hoje produz 480 mil barris diários, mas com o declínio anual médio de produção deve fechar 2008 com 435 mil barris/dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.