carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Tecnisa detalha oferta de ações; reserva começa em 26 de janeiro

A construtora e incorporadora Tecnisa emitirá inicialmente 36 milhões de novas ações em sua oferta primária, informou a empresa em prospecto preliminar encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira.

REUTERS

30 de dezembro de 2010 | 15h12

A operação poderá ser acrescida ainda de lotes suplementar e adicional, com 5,4 milhões e 7,2 milhões de papéis, respectivamente.

Com base no preço de fechamento da ação da Tecnisa na Bovespa na quarta-feira, de 10,95 reais, a empresa levantaria até 532,2 milhões de reais, considerando a colocação integral de todos os lotes.

Em 16 de dezembro, a Tecnisa apresentou pedido de análise para registro de oferta de ações estimada pela empresa em 500 milhões de reais.

De acordo com a Tecnisa, os principais objetivos com a oferta são captar recursos visando acelerar o potencial de crescimento da empresa e aumentar a liquidez das ações e expandir a base acionária da companhia.

O coordenador-líder da oferta é o Itaú BBA. O BTG Pactual e o Santander Brasil também estão atuando como coordenadores.

O cronograma da operação indica que o período de reserva das ações começará em 26 de janeiro de 2011, terminando em 1o de fevereiro. A fixação do preço por ação ocorrerá em 2 de fevereiro e o início da negociação dos novos papéis na bolsa paulista, em 4 de fevereiro.

Às 14h05, as ações da Tecnisa exibiam valorização de 1 por cento, cotadas a 11,06 reais. O papel não integra a carteira teórica do Ibovespa, principal índice de ações brasileiras, que exibia alta de 0,67 por cento.

(Por Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
CONSTRUCAOTECNISAOFERTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.