Tecnologia e otimismo com dívida amparam ações da Ásia

As bolsas de valores da Ásia subiram nesta quarta-feira, com esperanças de que um acordo de dívida nos Estados Unidos nas próximas horas evite um default, enquanto fortes resultados da Apple levantaram o setor de tecnologia.

VIKRAM SUBHEDAR, REUTERS

20 de julho de 2011 | 08h05

As ações de tecnologia, setor com pior desempenho do continente, tiveram suporte dos resultados de IBM e da Apple, que superaram as previsões de analistas.

Mas o segmento ainda é de longe o de performance mais fraca do ano, com o índice MSCI de tecnologia, com exceção do Japão, somando queda de 7,6 por cento neste ano.

Os índices acionários no Japão, Coreia do Sul e Taiwan subiram, amparados pela força de fabricantes de componentes para tablets e smartphones. A fabricante de smartphone HTC, que vem sendo bastante golpeada, saltou 7 por cento.

"Graças à Apple, suas fornecedoras poderão continuar crescendo substancialmente no terceiro trimestre, até mesmo no próximo ano", disse Oscar Chung, que gerencia cerca de 448 milhões de dólares para o Capital Securities Investment Trust, em Taiwan.

A bolsa de TÓquio fechou em alta de 1,17 por cento. Hong Kong encerrou com avanço de 0,46 por cento, enquanto Xangai teve queda de 0,10 por cento.

Taiwan ganhou 2,13 por cento. Em Seul, o mercado subiu 1,16 por cento, ao passo que a bolsa de Cingapura apreciou-se 0,98 por cento.

Em Sydney, houve alta de 1,83 por cento.

(Reportagem adicional de Faith Hung em Taipé e de Masayuki Kitano em Tóquio)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.