Tecnologia interrompe seqüência de altas em Taiwan

A bolsa taiuanesa fechou hoje em queda de 2,35%, depois de seis dias seguidos de altas. A Nanya Tecnhnology Corp. anunciou sua segunda queda trimestral consecutiva de faturamento, provocando fortes vendas dos papéis de alta tecnologia. Em Tóquio, a baixa foi de 1,89%, com vendas no mercado futuro estimuladas pelo desempenho de Wall Street ontem (Dow Jones: -1,93%; Nasdaq: -1,74%). O mercado sul-coreano encerrou misto nesta quarta-feira, em queda de 0,91% com a perspectiva de queda estimulada pelo rebaixamento da classificação do setor de semicondutores do país pela Merrill Lynch. Já a bolsa filipina registrou alta de 1,29%, com as contínuas compras dos caçadores de barganhas, que aproveitam para comprar ações cujos preços estão desvalorizadas. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -0,35%; Indonésia: -0,69%; Malásia: -0,48%; Tailândia: +0,11% e Cingapura: estável.

Agencia Estado,

10 de julho de 2002 | 04h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.