TED para R$ 50 mil está em vigor

O Comitê Gestor de Implantação do SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) decidiu que a partir desta semana o valor mínimo das TEDs (Transferências Eletrônicas Disponíveis) caiu de R$ 100 mil atuais para R$ 50 mil. Com o lançamento do SPB (Sistema de Pagamentos Bancários) em 22 de abril, o público passou a ter acesso a uma nova categoria de transferências bancárias, o TED, complementar aos tradicionais cheques, cartão de débito e de crédito, Documentos de Ordem de Crédito (DOCs) e ordem de pagamento. Na primeira fase, a TED somente foi oferecida para operações acima de R$ 5 milhões. A diferença é que com o TED a transferência ocorre imediatamente, sem carência para a compensação. O governo pretende desencorajar o uso de cheques e DOCs, especialmente a partir de agosto. Com isso, o valor de tarifas bancárias pode sofrer alterações para o consumidor de modo a estimular as TEDs. A principal recomendação dos órgãos de defesa do consumidor é comparar tarifas antes de optar por um serviço ou outro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.