Tele Celular Sul e Telesp Celular: baixo rendimento

De acordo com estudos feitos por algumas corretoras, as ações da Tele Celular Sul e da Telesp Celular não deverão apresentar rendimentos significativos nos próximos meses. O balanço semestral dessas operadoras mostrou resultados abaixo das expectativas do mercado e as projeções foram ajustadas para baixo, explica o analista da Fama Investimentos, José Villela.Nos dois casos, o valor das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) já está acima do preço considerado justo pelas corretoras. A projeção da Fama para a ação preferencial (PN, sem direito a voto) da Telesp Celular é de R$ 17,62. Na sexta-feira, a ação fechou o pregão cotada por R$ 25,31. Para Tele Celular Sul PN, a projeção é de R$ 4,99 e sua última cotação ficou em R$ 6,55. Em contrapartida, considerando os preços-alvo elaborados por algumas corretoras, de R$ 35,00 a R$ 37,77 para as ações da Brasil Telecom Participações PN, o papel poderá valorizar-se até 41,46% nos próximos 12 meses, se observada a cotação de sexta-feira, de R$ 26,70.Já para os papéis da Embratel PN, que ficaram cotados por R$ 41,02, na sexta-feira, as projeções vão de R$ 42,43 a R$ 46,00. Isso significa valorização de até 12,14% em 12 meses. No caso das ações da Tele Centro-Oeste PN, a valorização poderá ser de até 15,82%, considerando a sua última cotação, de R$ 7,84, e as projeções, que variam de R$ 8,17 a R$ 9,08. No entanto, os papéis da Telemar PN podem valorizar-se, no mesmo período, 40,66%. Isso porque o seu preço justo vai de R$ 55,02 a R$ 67,56.

Agencia Estado,

22 de agosto de 2000 | 09h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.