Telefônica cria fundo para empresas iniciantes

A Campus Party foi também fonte de boas notícias para os empreendedores brasileiros. No início do evento, a Telefônica anunciou que pretende criar no Brasil um fundo de investimentos para startups (empresas iniciantes). Segundo o presidente da Telefônica no Brasil, Antônio Carlos Valente, o novo fundo deve entrar em operação no dia 30 de julho e será voltado tanto para projetos em fase inicial (venture capital) como para empresas que já estão atuando e precisam de investimento para crescer (growth capital). "Não posso adiantar o valor do investimento, mas pretendemos destinar entre 20% e 30% para venture capital e os outros 70%, 80% para growth capital", explicou Valente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.