Telefônica DBH: estreará na Bovespa

O mercado aguarda para os próximos três meses a chegada da Telefônica Empresas na Bolsa de Valores de São Paulo. Será a primeira companhia de telecomunicações focada no segmento corporativo de transmissão de dados a abrir seu capital. A empresa já existe como subsidiária integral e sua entrada no mercado será resultante da cisão da Telesp. A nova empresa vai chegar à bolsa como Telefônica Data Brasil Holding.Na avaliação de Marcelo Paixão, sócio do portal financeiro e Futuro, a proposta da separação é boa. Segundo ele, o mercado corporativo (grandes companhias) é muito diferente da pessoa física. O diretor de relações com o mercado da Telefônica (controladora), Charles Allen, afirmou que a separação das atividades foi decidida justamente em função dessas diferenças. "O grau de sofisticação dos serviços e a tecnologia envolvida na área corporativa são muito específicos", justificou.Em uma análise inicial, Paixão comentou que a companhia é interessante porque seu mercado possui uma demanda muito mais reprimida, pois o antigo Sistema Telebrás investia pouco nesse setor. De acordo com o executivo da Telefônica, existe espaço para um crescimento de 100% a 150%, pelos próximos anos. A Telefônica Data Brasil terá inicialmente um patrimônio líquido de R$ 207,799 milhões, resultante da transferência dos ativos exclusivos de transmissão de dados da Telesp para a nova empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.