finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Telefónica de España fatura mais de R$ 14 bi no Brasil

País foi responsável por 38,4% do faturamento da empresa na América Latina.

Anelise Infante, BBC

12 de novembro de 2007 | 16h10

A Telefónica de España divulgou nesta segunda-feira os resultados da empresa nos nove primeiros meses do ano com um aumento de 51% no lucro em relação a 2006.Dos 42 bilhões de euros de faturamento da empresa até agora, mais de 5,6 bilhões (cerca de R$ 14,5 bilhões) saíram da filial brasileira.O mercado brasileiro foi o responsável por 38,4% do faturamento na América Latina. Seguido pela Venezuela, com 11,7%, e pela Argentina com 11,4%.Com os resultados dos nove meses, a companhia já alcançou a marca prevista para todo o ano de 2007.As estimativas de crescimento líquido do faturamento estavam entre 8% e 10%, e a empresa já conseguiu 8,6%. No período, a Telefónica de España registrou um lucro líquido (descontados os investimentos e gastos) de 7,8 bilhões de euros.A empresa espanhola destacou, em informe divulgado à imprensa, o aumento no setor de telefonia celular, seu perfil de crescimento, a resposta na diversificação por geografias e negócios, a estrutura de custos e a gestão integrada.Na divisão geográfica, a América Latina é a que mais sobe. O faturamento líquido cresceu 10,8% e chegou a 14,6 bilhões de euros.A filial latino-americana já representa 34,9% do faturamento da empresa, e o esperado é que supere nos próximos anos a receita na Espanha, que ainda é o principal mercado da companhia com 36,8% (15,4 bilhões de euros).O restante da faturamento foi obtido em outros países do continente europeu por meio da filial 02 Europa, com 25,6% do total: 10,7 bilhões de euros.A telefonia celular não só é o setor que mais cresce, é também onde a empresa espera melhorar, principalmente no Brasil.Segundo o balanço desta segunda-feira, a Telefónica de España tem 218,6 milhões de clientes pelo mundo, dos que 160,2 milhões são de celulares. Na América Latina, são 94,7 milhões de celulares, um terço no Brasil. A empresa espanhola possui 50% do mercado brasileiro, mas espera crescer a uma média entre 6% e 9% no próximo ano no país.A Telefónica pretende investir R$ 18,2 bilhões no Brasil até 2010. Além dos cerca de R$ 81 bilhões que já colocou no país.No setor de banda larga, o crescimento foi de 32,1% (em todo mercado internacional) em relação ao mesmo período do ano passado. E é outra área em que a companhia pretende apostar mais nos próximos anos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.