carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Telefônica efetua 15 mil vendas após liberação do Speedy

Ligações recebidas superou a média histórica em 3 vezes; taxa de conversão em vendas foi 4 vezes maior

Chiara Quintão, da Agência Estado,

31 de agosto de 2009 | 13h53

A Telefônica recebeu mais de 104 mil ligações sobre o Speedy, desde o dia 27, quando a venda do serviço foi liberada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), até este último domingo. A venda foi suspensa no dia 22 de junho, em razão de panes ocorridas no sistema de banda larga. Conforme a Telefônica 15 mil vendas foram fechadas até às 18 horas de domingo, após a liberação da comercialização

 

De acordo com a Telefônica, o volume de ligações recebidas superou a média histórica em três vezes, e a taxa de conversão em vendas foi quatro vezes maior. Segundo a Telefônica, 100% das vendas têm agora "certificação de qualidade".

 

Ainda conforme a empresa, o índice de resolução de problemas técnicos nos servidores DNS aumentou 68%, enquanto o trafego de saída para internet cresceu para 19%. As ligações ao call center técnico foram reduzidas em 36,6%. O tempo de espera caiu de 53 segundos em junho para a media de um segundo em agosto, informou a Telefônica.

 

A superintendência de Serviços Privados da Anatel vai monitorar, ao longo do segundo semestre deste ano, a implementação das medidas adotadas pela empresa para evitar novas panes do serviço.

 

Caso novos problemas venham a ocorrer, a Anatel não descarta a adoção de novas medidas restritivas. A companhia terá ainda que manter a Anatel informada sobre as datas e implementações de ações complementares à normalização dos serviços.

Tudo o que sabemos sobre:
TelefônicaSpeedy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.