coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Telefônica já perdeu R$ 28 milhões com suspensão de DDD

O presidente da Telefônica, Fernando Xavier, disse hoje que a empresa já perdeu R$ 28 milhões com a decisão da Justiça de suspender o direito da operadora de prestar serviços de longa distância de São Paulo para todo o País. "Nosso prejuízo é de R$ 2 milhões por dia", afirmou Xavier, ao chegar para uma audiência com o ministro das Comunicações, Juarez Quadros, em Brasília. A Embratel conseguiu na Justiça uma liminar que suspendeu os direitos da Telefônica de oferecer aos usuários a possibilidade de fazer ligações interurbanas (DDD) usando o código da operadora (15) para fora do Estado de São Paulo. O prejuízo, segundo Xavier, vem sendo computado pela empresa desde o dia 6 deste mês, refletindo tanto o custo financeiro dos investimentos feitos pela empresa quanto a frustração de receita e de resultados. Xavier disse que compete à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e não à Telefônica, recorrer da decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, em São Paulo, que manteve a liminar. Ele assegurou que, após a questão ser decidida na Justiça, a Telefônica vai acionar judicicialmente a Embratel para se ressarcir dos prejuízos. "Vamos buscar uma maneira adequada de pedir indenização à Embratel", afirmou.

Agencia Estado,

20 de maio de 2002 | 16h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.