Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Telefônica não vê 'embaraço' para aprovar compra da GVT

Presidente da companhia no Brasil diz confiar que operação será aprovada pelos órgãos reguladores

Renata de Freitas, da Agência Estado,

07 de outubro de 2009 | 11h04

O presidente do Grupo Telefônica no Brasil, Antonio Carlos Valente, tem confiança de que a operação de compra da GVT será aprovada pelos órgãos reguladores do mercado de telecomunicações. "Não deve haver embaraço para a aprovação. Acredito que todos ficarão alinhados porque é bom para o Brasil", declarou ele à Agência Estado, logo após a divulgação de fato relevante sobre a oferta de compra. Valente argumentou que o investimento anunciado é "uma demonstração de confiança muito clara no futuro do Brasil".

 

Veja também:

linkTelefônica fará oferta de R$ 6,5 bilhões para comprar GVT

linkEventual compra da GVT deverá ser submetida à Anatel

 

O executivo disse que as complementaridades entre as operações da Telefônica e da GVT levaram o grupo de telecomunicações de origem espanhola a fazer a oferta de R$ 6,5 bilhões pela operadora do centro-sul do País. "A GVT tem um modelo de negócios de sucesso", afirmou. "Podemos produzir muitas sinergias com a atuação da GVT numa série de mercados."

Tudo o que sabemos sobre:
TelefônicaGVT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.