Telefônica vai investir R$ 15 bi no Brasil até 2010

O grupo Telefônica vai investir R$ 15 bilhões no Brasil até 2010, com aplicações nos setores de telefonia fixa, televisão por assinatura, internet, serviços de call center e telefonia móvel, por meio da Vivo, sociedade em partes iguais mantida com o grupo Portugal Telecom. A informação é da Telefônica em nota à imprensa, fazendo referência à operação de empréstimo de R$ 2 bilhões anunciada hoje pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo a nota, o valor do investimento foi apresentado ao presidente Lula pelo presidente mundial do grupo, Cesar Alieta, em audiência em janeiro.Segundo a nota, é a primeira vez que a Telefônica SP toma empréstimo do BNDES desde o início de suas operações, em 1998. "O cenário econômico saudável que se vive no Brasil e a conjuntura internacional torna a captação de recursos no exterior (estratégia majoritariamente adotada pela companhia até então para financiar seus investimentos) mais onerosa do que no mercado interno", observa a empresa na nota.Os recursos aprovados pelo BNDES, segundo a Telefônica, poderão ser utilizados até 2009, em serviços de voz, dados (internet em banda larga) e vídeo - neste caso, nos serviços de TV via satélite (a Telefônica TV Digital, que utiliza a tecnologia DTH) e de disponibilização de conteúdo audiovisual "on demand" por meio da rede de telefonia (IPTV). O projeto contempla a ampliação de redes de transportes (backbones), beneficiando também a capacidade de interconexão da operadora com os demais prestadores de serviços de telecomunicações do País.

ALAOR BARBOSA, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 19h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.