seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Telefônica Vivo é multada em R$ 11 milhões por má qualidade do serviço

Companhia afirma que está analisando 'medidas cabíveis' para resolver problemas; multa foi aplicada pelo Procon

Ricardo Brandt, do Estadão,

25 de abril de 2013 | 12h49

CAMPINAS – A operadora de telefonia Telefônica Vivo recebeu uma multa de R$ 11,2 milhões do Procon de Campinas, interior de São Paulo, pela baixa qualidade do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) e pelo descumprimento de ofertas em relação aos seus serviços de telefonia fixa.  

No primeiro trimestre deste ano, a companhia assumiu a liderança na lista de reclamações do órgão municipal.

Do total de autuações, R$ 7,4 milhões são referentes a infrações à legislação do SAC e R$ 3,7 milhões de dois autos de infração por descumprimento de oferta de produtos ao consumidor.

A empresa ainda foi multada em mais R$ 153 mil com base em processos administrativos individuais.

"É preciso que a Telefônica assuma uma mudança de comportamento", afirmou a diretora do Procon de Campinas, Lúcia Helena Magalhães.

Ela se reuniu com representantes da companhia na tarde de quarta-feira para anunciar que o órgão foi reestruturado e que os procedimentos agora serão efetivamente cobrados das reclamadas.

Entre os problemas cobrados da companhia está a interrupção dos serviços de telefonia em algumas residências do bairro Cambuí, área nobre de Campinas, desde o dia 18.

A Vivo divulgou nota em que informa que "está avaliando as medidas cabíveis".

"A grande maioria dos clientes de telefonia fixa da Telefônica Vivo mostrou-se satisfeita com os serviços, segundo pesquisa divulgada na semana passada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)."

Tudo o que sabemos sobre:
telefônicavivoprocon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.