Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Telemar Norte Leste anuncia compra da Oi

A Telemar Norte Leste acaba de anunciar a compra da Oi, operadora de telefonia GSM que estava, até então, abrigada na Telemar holding (TNLP). A operação traz benefícios fiscais da ordem de R$ 1,6 bilhão, segundo comunicado divulgado pela empresa. Em nota, a empresa afirma que a compra da Oi consolida sua estratégia ? oferta integrada de serviços de voz, longa distância, mobilidade, dados e fortalecimento de sua capacidade de fazer frente aos competidos estrangeiros. "A operação coloca a Telemar Norte Leste em uma posição privilegiada no mercado brasileiro, no qual tem enfrentado decréscimo da base de clientes da telefonia fixa e migração acelerada para a telefonia móvel." O preço de compra e venda foi fixado em R$ 1,00, sem considerar os benefícios fiscais e das sinergias. O negócio foi objeto de laudo de avaliação patrimonial a preço de mercado preparado pela Ernst & Young, de acordo com a companhia. Em nota, a companhia afirma que foram realizados também estudos de avaliação econômica e dos benefícios resultantes da operação, conduzidos pelo Banco JP Morgan, além de pareceres legais relativos aos aspectos jurídicos. Dívida e 2 milhões de clientesA Telemar Norte Leste irá absorver dívida financeira da Oi de R$ 4,761 bilhões. O pagamento das responsabilidades está escalonado até 2012. No caso da Telemar holding, segundo comunicado, não haverá alteração no endividamento. A operação de compra e venda de 99,99% do capital da Oi foi aprovada pelos Conselhos de Administração da Telemar Norte Leste e da Tele Norte Leste Participações, conforme recomendação das respectivas Diretorias.A Oi possui 2,6 mil ERBs (Estação Rádio Base) e cobertura em 16 estados e conquistou recorde mundial de vendas quando alcançou 1 milhão de clientes em apenas cinco meses de operação em novembro de 2002. A companhia alcançou 2 milhões de clientes em maio deste ano e estima chegar a 3 milhões de usuários em dezembro próximo.

Agencia Estado,

28 de maio de 2003 | 18h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.