Teles terão de garantir prestação do Ruralcel

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, publicou nesta quarta-feira, 12, no Diário Oficial da União (DOU) despacho determinando que as operadoras Oi, Vivo e TIM adotem medidas para garantir a continuidade da prestação do Ruralcel aos assinantes que usam terminais analógicos (AMPS). Ruralcel é um serviço de telefonia fixa para áreas remotas do País e de baixa densidade populacional e, apesar de voltado para telefone fixo, sua infraestrutura é fornecida pelas prestadoras do Serviço Móvel Pessoal (SMP).

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado

12 de junho de 2013 | 09h56

Pelo despacho, Telemar Norte Leste e Brasil Telecom, integrantes do Grupo Oi, devem apresentar, em 90 dias, plano de garantia da continuidade do serviço que preveja a migração de todos os assinantes Ruralcel da tecnologia analógica (AMPS) para sistemas com tecnologias atualizadas, com previsão de duração limitada a um máximo de 33 meses ou, alternativamente, um acordo com as prestadoras móveis envolvidas.

O documento determina que Vivo e TIM Celular, em conjunto com Telemar Norte Leste e Brasil Telecom, realizem - com a maior brevidade possível - a migração da infraestrutura analógica para a digital de todos os assinantes Ruralcel que estejam em áreas de cobertura simultânea de ambas as tecnologias (analógica e digital).

Segundo a Anatel, enquanto estiver em vigor as determinações do despacho, Telemar Norte Leste e Brasil Telecom devem pagar à Vivo e à TIM Celular o valor mensal dos custos com a operação da infraestrutura AMPS, utilizada para prestação do Ruralcel. O documento detalha os valores mensais que devem ser repassados a cada uma das operadoras.

Entre outros pontos, o documento estabelece que o conteúdo de um acordo entre as operadoras envolvidas nessa questão prevalecerá sobre as determinações estabelecidas no despacho. Mas para isso o acordo precisa garantir os direitos dos assinantes e deve ser apresentado à Anatel em até 30 dias.

Tudo o que sabemos sobre:
AnatelRuracel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.