finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Telesp Cel: Animec fará reunião com acionistas

A Associação Nacional dos Investidores de Mercado de Capitais (Animec) realizará na próxima terça-feira, dia 12, às 14 horas, reunião com acionistas minoritários para analisar a oferta de permuta das ações da Telesp Celular por Brazilian Depositary Receipts (BDR) da Portugal Telecom (PT). O objetivo da reunião é discutir quais as medidas que poderão ser tomadas tendo em vista as diferença entre valor oferecido nesta oferta e os oferecidos nos últimos 12 meses, quando a Portugal Telecom propôs a compra de ações da Telesp Celular pelo valor de R$ 30,00 por lote de mil ações (US$ 16.67 - cotação em 09.06.00). Dois meses depois, foi liberada pela Telesp Celular uma chamada de capital, com preço estipulado em R$ 27,00 por lote de mil ações (US$ 14,14 - cotação em 31.10.00). Na oferta atual, a empresa está oferecendo R$ 20,80 (US$ 9,02) para as ordinárias e R$ 18,43 (US$ 11,17) para as preferenciais, por lote de mil ações, já considerado o prêmio de 40% sobre a cotação para quem efetuar a troca. A reunião será aberta e acontecerá no auditório da Associação Brasileira dos Bancos Comerciais (ABBC), na avenida Paulista, 1.499, 1º andar. Minoritários recorrerão à CVMAlguns minoritários da Telesp Celular vão solicitar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a não aprovação da troca de ações. O questionamento será feito assim que a PT protocolar o pedido formal da operação na autarquia. O advogado dos acionistas, Ricardo Freitas, afirma que o preço a ser ofertado pela controladora (PT) na permuta deveria ser idêntico ao estabelecido na subscrição privada de papéis aprovada em reunião do conselho de administração de 15 de agosto de 2000, de R$ 27,0 por lote de mil. Procurada pela Agência Estado, a PT disse que não vai comentar o assunto. Em entrevista coletiva concedida no último dia 4, a companhia havia dito que não reverá o preço da troca atual. Segundo a empresa, a relação de troca para todas as categorias de papéis (preferenciais, ordinários e American Depositary Receipts) corresponde a um prêmio de 40% sobre a cotação média de fechamento dos últimos cinco dias de negociação. À época do anúncio da permuta, essa relação estava em cerca de R$ 22,50.

Agencia Estado,

08 de junho de 2001 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.