finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Telesp Cel: Animec pede suspensão de oferta

A Animec encaminhou ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) uma carta solicitando a suspensão da operação de oferta pública das ações da Telesp Celular proposta pela Portugal Telecom (PT). Em oferta voluntária, a PT quer trocar os papéis da operadora em mercado por BDRs de sua emissão. Os minoritários contestam o preço embutido na relação de troca, que na época do anúncio da operação era de R$ 23,50. Eles pedem que a controladora pague os mesmos R$ 27,00 do aumento de capital por subscrição privada realizado no ano passado. O argumento é que as sobras da subscrição privada foram leiloadas na Bovespa, o que torna a operação pública. Os minoritários dizem que, em caso de subscrição pública, as regras da CVM exigem que a oferta siga o mesmo valor adotado no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.