finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Telesp Cel: Animec questionará troca de papéis

O vice-presidente da Associação Nacional de Investidores do Mercado de Capitais (Animec), Gregorio Mancebo Rodriguez, anunciou que a instituição encaminhará, até a próxima terça-feira (19), uma correspondência questionando a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a permuta de ações proposta entre Portugal Telecom (PT) e Telesp Celular (veja link abaixo). "Não concordamos com o preço estipulado pela controladora na troca", disse, em reunião realizada nesta tarde com minoritários da Telesp Celular. Para Rodriguez, a operação deveria partir de um preço mínimo de R$ 27,00. Essa cifra foi calculada em subscrição privada feita pela Portugal Telecom em outubro do ano passado. Ele afirmou ainda que a Animec fará uma avaliação econômica das ações da PT e de sua controlada para conhecer melhor a relação de troca definida na permuta atual. "A oferta pode até ser legal, mas pode não ser justa", disse. Em sua apresentação aos minoritários, Rodriguez ressaltou que os papéis da Telesp Celular vão perder liquidez (volume de negócios) quando forem transformados em Brazilian Depositary Receipts (BDRs) - recibos por meio dos quais ações da Portugal Telecom serão negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Ele lembrou operação semelhante de permuta realizada pela Telefônica com sua controlada Telesp fixa. "A liquidez dos novos papéis nunca foi muito grande." O vice-presidente da Animec destacou ainda a situação financeira da própria Portugal Telecom como um fator de desvantagem na aquisição dos seus BDRs. Segundo ele, a PT é mais endividada que a Telesp Celular.

Agencia Estado,

13 de junho de 2001 | 12h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.