Telesp entrega ações aos pecetistas

Acionistas da Telesp que adquiriram linha telefônica por meio do Programa de Planta Comunitária de Telefonia (PCT), os chamados pecetistas, já podem participar do programa de troca de ações da Telesp por Brazilian Depositary Receipts (BDR). Isso porque a companhia aprovou a entrega das ações a que esses cotistas tinham direito e iriam receber apenas em setembro. A decisão foi tomada em Reunião do Conselho de Administração (RCA), realizada ontem. A entrega das ações aos titulares será feita pela Tele Ibero Americana Ltda.. A Telesp informou que está providenciando o processo de liberação das ações aos participantes do PCT acima, junto ao Banco ABN Amro Real, instituição depositaria de ações escriturais. Os participantes do programa PCT serão informados nos próximos dias acerca da efetiva liberação das ações. O comunicado da Telesp a respeito dos chamados "pecetistas" informa ainda que, no caso de contratos de participação financeira assinados com base na Portaria n 86/91, o preço base para a entrega de ações é de R$ 28,15 por lote de mil preferenciais (PN, com direito a voto). O preço corresponde ao valor patrimonial da ação apurado no balanço encerrado em 31/12/99. Os contratos de participação financeira assinados com base na Portaria n 1028/96, terão preço base de R$ 45,89 por lote de mil PN. O valor corresponde à média ponderada das cotações médias das PNs da Telesp nos últimos 20 pregões, realizados na Bovespa, que registrou o maior volume de negociações, observado entre 17 de maio e 13 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.