Telesp: veja as condições para a troca por BDRs

Até o dia 30 de junho, o as ações poderão ser trocadas por BDRs da Telefónica. Após dez dias do encerramento da oferta, o acionista vai receber um extrato em casa com as informações sobre a troca ou venda. Para fazer a troca, o acionista deve informar o CPF - pessoa física - ou o CNPJ - jurídica . Após a opção, as ações ficam bloqueadas até 3 de julho, quando a Telefónica começa a emitir os BDRs. A Telefónica efetivará a troca, com entrega dos BDRs, até 14 de julho. De 3 a 14 de julho, os acionistas poderão negociar as novas ações por meio dos boletins de subscrição recebidos na opção de troca. Quem adquiriu telefone por meio do Programa de Planta Comunitária de Telefonia (PCT) até 28 de agosto de 1998 também pode fazer a troca. São 48 BDRs para cada 37 mil ações preferenciais - PN, sem direito a voto - da Telesp. Para as ordinárias - ON, com direito a voto - são 36 BDRs para cada 46 mil ações da Telesp. E da Tele Sudeste Celular são 54 mil ações ON para cada 12 BDRs e 55 mil ações PN para cada 24 BDRs.Pequenos acionistas, como os oriundos de planos de expansão, que não têm número de ações suficiente para fazer a troca por 1 BDR, podem adquirir ações para completar o lote ou fazer a troca. A venda é feita por meio de agrupamentos de ações de minoritários feitos pelos bancos credenciados. A venda dos BDRs desses minoritários será feita pelo Bradesco, que cobrará uma taxa de corretagem média de 0,5%; ela varia de acordo com o volume A Telefônica colocou à disposição do público em geral o número 0800-553424 (ligação gratuita) para informações sobre a operação de troca.Veja no link abaixo todos os detalhes da operação de troca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.