Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Telmex planeja nova holding para operações da AL

A Teléfonos de México (Telmex), maior operadora fixa do México, anunciou na quarta-feira que seu conselho diretor aprovou um plano para separar os negócios de telecomunicações internacionais e de páginas amarelas em uma nova companhia.A nova empresa, a ser denominada Telmex Internacional, será listada na Bolsa do México e no mercado dos Estados Unidos, informou a Telmex em comunicado. De acordo com a tele mexicana, a operação "irá melhorar a posição competitiva de cada uma das companhias".A Telmex atualmente provê serviços de telecomunicação corporativa e residencial em cinco países sul-americanos: Brasil (onde controla a Embratel), Colômbia, Peru, Chile e Argentina, como resultado de uma seqüência de aquisições na região. Essas operações geraram uma receita de US$ 4,1 bilhões e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) de US$ 1,04 bilhão no período de janeiro a setembro. As informações são da Dow Jones. EmbratelA agência de classificação de risco de crédito Moody''s Investors Service colocou em revisão para possível rebaixamento o rating de emissor em moeda local e o não securitizado sênior em moeda estrangeira atribuídos à Embratel, ambos de Baa3, na escala global, em revisão para possível rebaixamento, bem como a nota Aaa.br na escala nacional.O analista da Moody''s Soummo Mukherjee afirmou que, se a operação da Telmex for aprovada, "a Embratel não mais será uma subsidiária da Telmex, cujo rating é A2, e nossa expectativa com relação ao apoio proveniente da mexicana irá mudar", acrescentou Mukherjee.A Moody''s disse que a revisão se concentrará principalmente na avaliação do impacto da nova estrutura corporativa sobre a possibilidade de a Embratel receber apoio de fora e estudará o vigor de crédito esperado da Telmex Internacional e a extensão na qual um possível suporte da Telmex Internacional poderia ser incorporado em nossos ratings para a Embratel.

LUANA PAVANI E MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

16 de novembro de 2007 | 16h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.