Marcos De Paula/Estadão
Marcos De Paula/Estadão

Temer assina decreto e pagará metade do 13º salário de aposentados em agosto

Estimativa do governo é que medida injete R$ 21 bilhões na economia

Julia Lindner e Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2018 | 19h44

O presidente Michel Temer assinou nesta segunda-feira, 16, um decreto que antecipa metade do valor do 13º salário dos aposentados para pagamento junto com o benefício de agosto. A medida, de acordo com estimativa do governo, representará uma injeção de R$ 21 bilhões na economia. A outra parcela do abono anual será paga em novembro.

+ JP Morgan eleva projeção para dólar e vê moeda a R$ 4 antes da eleição

De acordo com a Presidência, o decreto será publicado na edição de amanhã do "Diário Oficial da União". O documento entra em vigor na data de sua publicação. No ano passado, Temer assinou decreto semelhante para que aposentados e pensionistas recebessem a primeira parcela do 13º no final de agosto.

+ Preços em supermercados sobem 3,55% em junho ante maio, maior alta mensal da história

A primeira parcela do 13º tradicionalmente é paga em agosto. Este é o 13º ano consecutivo em que o governo decide manter o adiantamento. Em 2015, o Ministério da Fazenda, sob o comando de Joaquim Levy, não incluiu o pagamento na folha de agosto sob o argumento de falta de fluxo de caixa para bancar a despesa. A ideia era deixar o pagamento para dezembro, já que a antecipação não é obrigatória.

A lei prevê apenas o pagamento no último mês do ano. Mas, diante da pressão política decorrente daquela decisão, o governo decidiu manter o adiantamento, que foi pago em setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.