Temer: Brasil está preparado em caso de crise dos EUA

O vice-presidente da República, Michel Temer, admitiu hoje que o governo se preocupa com o impasse em relação ao aumento do teto da dívida dos Estados Unidos. No entanto, ele afirmou que o Brasil está preparado para uma eventual crise, caso não haja um consenso entre os congressistas republicanos e democratas dos EUA.

DAIENE CARDOSO, Agencia Estado

27 de julho de 2011 | 12h20

"Há uma preocupação razoável em relação ao que acontece nos Estados Unidos, mas o ministro Guido Mantega (Fazenda) tem feito exposições tranquilizadoras. O Brasil, se houver um problema nos Estados Unidos, estará preparado para enfrentar a crise", disse Temer em São Paulo, pouco antes de Mantega apresentar novas medidas cambiais para conter a queda do dólar.

De acordo com o vice-presidente, o governo brasileiro espera que o presidente norte-americano, Barack Obama, chegue a um acordo sobre a questão da dívida até domingo, evitando assim as consequências de moratória dos EUA na economia mundial. Temer participou nesta manhã da inauguração da ponte estaiada da Marginal do Tietê, batizada de Ponte Governador Orestes Quércia, na capital paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAdívidacriseBrasilTemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.