Chico Siqueira
Chico Siqueira

Temer inclui Companhia Docas do Maranhão no Programa Nacional de Desestatização

Pelo decreto, a execução das medidas para a dissolução da empresa será de responsabilidade do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, sob a coordenação do Ministério do Planejamento

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2018 | 21h05

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer assinou o decreto que inclui a Companhia Docas do Maranhão no Programa Nacional de Desestatização, para fins de dissolução. O texto será publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 11. 

Pelo decreto, a execução das medidas para a dissolução da Companhia Docas do Maranhão (Codomar), criada em 4 de março de 1974, será de responsabilidade do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, sob a coordenação do Ministério do Planejamento.

++Privatização da Eletrobrás deve ir ao Congresso no início de fevereiro, diz MME

O texto prevê ainda que a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional vai convocar em até oito dias uma assembleia geral para nomear o liquidante e fixar o valor da remuneração mensal que será paga. A indicação do liquidante será feita pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Na assembleia, deverá ainda ser fixado o prazo de 180 dias para a conclusão do processo de liquidação, "que poderá ser prorrogado, a critério do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, mediante proposta motivada do liquidante".

++EcoRodovias arremata trecho Norte do Rodoanel por R$ 883 mi, quase o dobro do lance mínimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.