Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Temer marca reunião com Silas Malafaia por apoio à reforma da Previdência

Presidente terá encontro com o pastor evangélico na noite desta quinta-feira, 18

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2017 | 15h52

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer receberá nesta quinta-feira, 18, no Palácio do Planalto, o Pastor Silas Malafaia, líder do ministério Vitória em Cristo, ligado à Assembleia de Deus. O encontro, marcado para 19h30, foi intermediado pelo deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), que é da bancada evangélica e ligado a Malafaia. 

Segundo Sóstenes, Temer ligou para ele há alguns dias, pedindo que convidasse Malafaia para um encontro no Planalto. "Eu disse ao presidente: se for para pedir apoio à reforma da Previdência, melhor não marcar, porque vai ser um desgaste para o senhor e para ele. Mas o presidente disse: 'quero conversar com ele", contou o deputado.

Militares devem ter idade mínima para aposentadoria, diz ministro da Defesa

No esforço para aprovar a reforma da Previdência, Temer tem feito acenos a diversas bancadas suprapartidárias no Congresso Nacional. Ontem, editou medida provisória (MP) prevendo parcelamento da dívida de municípios com o INSS. Também finaliza MP para diminuir a alíquota do Funrural, contribuição semelhante à da Previdência para o setor.

ENTREVISTA: ‘Privilégio é se aposentar com dois mandatos’, diz relator da reforma

A bancada evangélica é uma das mais resistentes à reforma. De acordo com Sóstenes, na tentativa de atrair o voto dos evangélicos, o governo acenou com o destravamento de concessões de rádios de TVs no Ministério das Comunicações e apoio a projeto que isenta de IPTU templos religiosos alugados. 

CALCULADORA DA PREVIDÊNCIA: Calcule sua renda na aposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.