Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Temer sanciona medida que libera compra de papel-moeda no exterior

MP surgiu do receio de a Casa da Moeda não conseguir suprir a demanda neste ano e no próximo

Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2017 | 19h07

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer sancionou, sem vetos, na tarde desta quinta-feira a lei que autoriza o Banco Central a comprar papel-moeda no exterior. A Medida Provisória 745, aprovada pelo Senado no último dia 8, permite a compra, sem licitação, de papel-moeda e moeda metálica produzidos fora do País por fornecedores estrangeiros. A sanção será publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 24. 

A decisão do governo de buscar fornecedores de papel-moeda no exterior é resultado de um longo processo de decadência da Casa da Moeda. Empresa criada em 1694, ainda no Brasil Colônia, ela é vinculada ao Ministério da Fazenda e possui o monopólio de produção de dinheiro em território nacional. A empresa também é responsável por outros serviços, como a emissão de passaportes, selos, bilhetes para transporte público e carteiras de trabalho.

Nos últimos anos, porém, a empresa foi alvo de várias polêmicas, que acabaram por minar sua credibilidade e prejudicar os serviços oferecidos. Com receio de que a necessidade de cédulas não seja atendida neste e no próximo ano, o governo se preveniu por meio da MP. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.