Temor de corte de fornecimento do petróleo iraniano preocupa mercado

O preço do barril de petróleo da Opep semanteve estável, cotado a US$ 67,98 na terça-feira, com a polêmica nuclear iraniana em compasso de espera após a resposta de Teerã à oferta internacional de incentivos para abandonar as suas atividades de enriquecimento de urânio. Segundo informou nesta quarta-feira o secretariado da Opep em Viena, o valor do barril (de 159 litros) usado pelo grupo como referência e composto por 11 qualidades de petróleo, uma para cada país membro, apenas flutuou na terça-feira, subindo US$ 0,06 em relação ao preço deSegunda-feira. Os mercados mundiais do petróleo estavam atentos à resposta do Irã à oferta apresentada em junho pelos cinco países membros do Conselho de Segurança da ONU (EUA, Rússia, China, Reino Unido e França) e pela Alemanha, que esperavam o fim das atividades nucleares iranianas suspeitas de fins militares. O temor nos mercados é de que o Irã, quarto maior produtor mundial de petróleo e segundo da Opep, com produção média de 3,8 milhões de barris diários, possa cortar seu fornecimento se oConselho de Segurança decretar sanções econômicas. Segundo os analistas, a possibilidade provoca especulação em alta nos mercados de futuros e pode fazer os preços do petróleo passarem a marca dos US$ 100/barril. Teerã entregou na tarde de terça-fe9ra por escrito a esperadaresposta. Ainda não foram divulgados os detalhes, mas de acordo com as declarações das autoridades iranianas. O país não aceita abandonar o enriquecimento de urânio. Os seis países destinatários da carta anunciaram que estudarão "detalhadamente" a complexa resposta iraniana. Assim, começou um novo período de espera até a tomada de uma nova decisão. Por enquanto, acredita-se que o Irã não tem interesse em ceder àreivindicação ocidental de abandonar seus programas nucleares, mas não está claro se a ONU vai impor sanções, destaca hoje a empresade consultoria especializada em mercados energéticos PVM. Nos mercados de futuros de Londres e Nova York, as cotações do petróleo Brent (leve, referência para a Europa) e do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve, referência nos Estados Unidos),respectivamente, variaram ligeiramente na terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.