Tempo seco favorece colheita precoce de grãos nos EUA

O tempo seco vai acelerar a colheita precoce de milho e soja da próxima semana a 10 dias na parte sul do Meio-Oeste dos Estados Unidos, disseram meteorologistas agrícolas nesta segunda-feira.

Reuters

20 de agosto de 2012 | 11h43

Don Keeney, meteorologista da MDA EarthSat Weather, disse que um clima mais frio e em grande parte seco era esperado esta semana no cinturão produtor do Meio-Oeste.

A exceção seriam chuvas leves no final da semana a noroeste da região Meio-Oeste e chuvas a sudoeste das planícies norte-americanas na segunda e na terça-feira.

"Um clima benigno parece provável esta semana, e na próxima parece semelhante", disse a previsão de Keeney.

Uma mudança para um clima mais úmido agora faria pouco para reavivar o milho ou a soja afetados pela seca, disse Keeney, e iria desacelerar o ritmo da colheita precoce.

Cada safra estava maturando mais cedo que o normal, devido ao excesso de stress do calor e da seca no verão, e do ritmo histórico de semeadura precoce.

Keeney disse que chuvas leves eram prováveis na quinta e na sexta-feira a noroeste da região Meio-Oeste, porém o clima seco é esperado durante a semana no sul e leste do Meio-Oeste.

As temperaturas ficaram moderadas ante a onda de extremo calor no verão no hemisfério norte, com máximas agora vistas entre os 21 graus Celsius e os 27 graus, disse Keeney.

O Commodity Weather Group (CWG) estimou uma tendência de clima mais seco nos próximos 10 dias, particularmente no sul da região Meio-Oeste, bem como no Delta.

Além disso, prevê chuvas de final de semana em grande parte do Delta e no sudeste, desacelerando a colheita de milho, de acordo com o CWG.

(Reportagem de Sam Nelson)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSGRAOSEUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.