finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Temporada de liquidações nos shoppings

Lojistas esperam vender até 10% mais

Vera Dantas, SÃO PAULO, O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2027 | 00h00

A temporada de liquidações de inverno na cidade, que começou há mais de 20 dias, por causa da instabilidade do tempo, foi reforçada com o início da promoção conjunta de shoppings, o Liquida São Paulo, que se estenderá até domingo. Com descontos variados que chegam a até 70%, o Liquida São Paulo, reúne cerca de 6 mil lojistas de 14 shoppings. A expectativa com a promoção conjunta é de um aumento de 8% a 10% nas vendas em relação ao mesmo período no ano passado. "A queda da temperatura desde segunda-feira e o fato de muitos consumidores terem desistido de viajar na última semana de férias, por causa do caos aéreo, devem ajudar bastante nas vendas", prevê o presidente da Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop), responsável pelo evento, Nabil Sahyoun. "A idéia era entrar em liquidação depois da segunda semana de agosto. Mas o clima está muito instável e não deu para esperar", diz o diretor da Zêlo, especializada em produtos de cama, mesa e banho, Mauro Razuk. Ele estima com a liquidação um crescimento de 5% a 10% no seu faturamento em relação a julho do ano passado. Além de oferecer descontos em torno de 25% em cobertores e edredons, a loja deve começar a parcelar a venda em até seis vezes no cartão de crédito nas compras acima de R$ 200. Hoje, o consumidor pode dividir a compra em até cinco parcelas, se tiver um gasto acima de R$ 500. "A maior parte das vendas, cerca de 70%, com ou sem promoções é parcelada", diz Razuk.Os indicadores da Associação Comercial de São Paulo mostram que o movimento de venda a prazo em julho está maior do que a venda à vista. O crédito também ajuda nas liquidações das grifes voltadas para o consumidor de maior poder aquisitivo. O Empório Armani, por exemplo, em liquidação desde o final de junho, parcela as vendas em até quatro ou cinco vezes, dependendo do valor gasto. As lojas de grifes nas regiões dos Jardins e em shoppings estão com descontos de 40% a 50%. Na próxima semana, a partir do dia 3 de agosto o MorumbiShopping e o Anália Franco, também reforçam o movimentos de promoções do varejo com a Liquidação do Lápis vermelho. A estratégia e antecipar as compras de Dia dos Pais e desovar estoques para a entrada das novas coleções de primavera-verão, que já começam a chegar no varejo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.