finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Tendências projeta IGP-M de 1,33% em setembro

Após uma forte aceleração da inflação em setembro, os últimos três meses do ano devem registrar um ritmo menor de alta de preços, segundo avaliação da Tendências Consultoria. Depois da divulgação da segunda prévia do Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M) de setembro, a empresa estimou em 1,33% a inflação medida pelo indicador fechado deste mês. O IGP-M é utilizado comumente para reajuster contratos de aluguel.

ANTONIO PITA, Agencia Estado

18 de setembro de 2013 | 17h54

Segundo a economista Adriana Molinari, a acomodação do câmbio e o resultado da colheita de soja norte-americana devem frear o ritmo da inflação após a forte alta deste mês. "Para os últimos três meses do ano, não veremos variações tão expressivas quanto em setembro. Serão taxas mais comportadas do que no início do ano", avaliou.

Ela disse que, mesmo com as oscilações cambiais, dificilmente a moeda norte-americana terá um pico maior do que os R$ 2,45 verificados em agosto. Este foi, na opinião de Adriana, um dos principais fatores para a aceleração da inflação na segunda prévia do IGP-M, calculada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e que ficou em 1,36%, conforme divulgação na manhã desta quarta-feira, 18.

"A aceleração contundente não nos surpreendeu", explicou a economista. Segundo ela, há incertezas em relação aos impactos da condição climática para a colheita da soja nos Estados Unidos. "Houve uma revisão para baixo na projeção de safra, o que gerou uma expectativa negativa e uma pressão do mercado pelo aumento de preços."

Tudo o que sabemos sobre:
IGP-MFGVTendências

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.