Tensão mundial leva dólar a R$ 2,9600

As apreensões em relação ao mercado externo são cada vez maiores e isso deve manter os investidores tensos. As bolsa internacionais operam em queda. Por volta de 9h30, a Bolsa de Frankfurt estava em queda de 6,13% e Londres registrava queda de 4,11%. Essa apreensão deve se refletir nos negócios nesta manhã. Na abertura, o dólar comercial para venda estava sendo cotado a R$ 2,9500, com alta de 1,03. Às 9h42, atingiu a máxima valendo R$ 2,9600, alta de 1,37%. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagavam taxas de 23,250% ao ano, frente a 22,480% ao ano negociados ontem. Aos negócios na Bovespa devem começar por volta das 10h.No Brasil, a expectativa fica por conta da divulgação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom), a qual deverá explicar os motivos que levaram a equipe econômica a diminuir a taxa de juros referencial da economia, a Selic, de 18,50% para 18% ao ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.