Terceirizados da Eletropaulo em greve

Cerca de 4 mil trabalhadores terceirizados da AES Eletropaulo prometem entrar em greve hoje por 24 horas em busca de melhores condições de trabalho. A greve envolve os funcionários de sete empreiteiras de serviços de manutenção e ampliação da rede de energia. "Os trabalhadores não possuem benefícios nem recebem hora extra", explicou o presidente do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, Carlos Reis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.