bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Termina 2º Curso Estado de Jornalismo Econômico

O 2º Curso Estado de Jornalismo Econômico, realizado pelo Grupo Estado em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), foi encerrado nesta sexta-feira. Nos últimos dois meses, os jovens profissionais selecionados tiveram aulas com professores da escola a partir de um programa acadêmico idealizado com temas essenciais para que os jornalistas recém-formados se preparem para a cobertura econômica.

EQUIPE AE, Agencia Estado

31 de agosto de 2012 | 20h13

"A parceria com a FGV foi fundamental para o alto nível do curso, que aliou o jornalismo de alta qualidade praticado pelo Grupo Estado com um dos melhores ensinos de economia do Brasil", avalia o diretor de Desenvolvimento Editorial do Grupo, Roberto Gazzi.

O programa, válido como curso de extensão em Economia e Finanças pela FGV, conta com disciplinas de política econômica, sistema financeiro nacional e internacional, mercado de capitais e avaliação de empresas, além de matemática financeira e estatística. Os alunos puderam complementar a experiência da sala de aula com passagens pelas redações do Grupo Estado.

Para o editor-chefe da Agência Estado, João Caminoto, a economia é um assunto central tanto para a agência como para o jornal. "Detectamos a necessidade de suprir nosso quadro de talentos com jornalistas especializados na área. As pessoas que saem da faculdade não têm essa especialização."

Os jovens profissionais também tiveram a oportunidade de assistir a palestras e entrevistar grandes nomes da economia brasileira, como o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, os ex-ministros Delfim Netto, Maílson da Nóbrega e Miguel Jorge, o ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda José Roberto Mendonça de Barros e o ex-diretor de Política Econômica do Banco Central Sergio Werlang.

Além do contato e da troca de experiências com jornalistas do Grupo que cobrem economia, os alunos participaram de palestras com os jornalistas norte-americanos David Carr, do The New York Times, e Bill Kovach, autor do clássico Os Elementos do Jornalismo: o que os Jornalistas Devem Saber e o Público Exigir.

Focas

Dos 25 focas (nome dado a profissionais recém-formados em jornalismo) selecionados para o curso, 16 vieram de outras cidades do País para a capital paulista. Foi o caso de Kellen Moraes, que saiu de Porto Alegre para aprofundar seus conhecimentos em jornalismo econômico. Segundo ela, o curso foi um divisor de águas em sua vida profissional. "Agora tenho um entendimento técnico que outros profissionais recém-formados não têm", diz. "Voltar para a rotina profissional na minha cidade vai ser completamente diferente."

Já Eduardo Vasconcellos, de São Paulo, concorda que o aprendizado trará mudanças. "O curso superou as minhas expectativas e hoje me sinto muito mais preparado para trabalhar em uma grande redação cobrindo economia."

Tudo o que sabemos sobre:
jornalismo econômicocurso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.