Termina cerco de aeronautas a José Dirceu

Terminou no início da noite o cerco ao ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, que estava sendo feito nas portas da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) por representantes dos aeronautas, em protesto contra o modelo da fusão da Varig com TAM.Os manifestantes foram despistados por um helicóptero que sobrevoava o local e decidiram encerrar a manifestação, acreditando que o ministro já havia deixado o local. Fontes da Firjan informaram, entretanto, que o ministro ainda permanecia lá dentro no momento em que houve a dispersão do protesto.Ele só deixou o local por uma porta secundária. Uma reunião do ministro na Petrobras foi cancelada devido ao tumulto. O destino de José Dirceu não foi informado.Os representantes dos funcionários da Varig disseram que na próxima quarta-feira entregam ao presidente da empresa um manifesto, no qual devem expor as razões de serem contrários à fusão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.