Termina greve de funcionários da Sata

Terminou na tarde desta quinta-feira a greve dos funcionários da Sata, empresa de serviços aeroportuários, no aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão), no Rio. A paralisação foi iniciada na última quarta-feira, como forma de protesto contra o pagamento dos salários, que são parcelados em três vezes há quatro meses. Mas acima, no topo do problema, está a Varig. Isso por conta da impossibilidade da companhia em honrar suas dívidas com fornecedores. Segundo a presente do Sindicato Nacional dos Aeroviários, Selma Balbino, a Sata pagou neste mesmo dia 50% do vale transporte e 50% do vale refeição. Os trabalhadores que ganham até R$ 1 mil também receberam 50% do salário. Para os que recebem acima do valor, foi depositado 25% do salário. De acordo com a sindicalista, na segunda-feira, a Sata prometeu enviar um documento aos trabalhadores comunicando o pagamento do resto dos benefícios e dos salários. Na terça-feira, os funcionários da Sata farão uma assembléia e, caso não forem atendidos, não descartam greve por tempo indeterminado por todo o País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.