Termina greve de metalúrgicos na Ford

A greve dos metalúrgicos prossegue nesta segunda-feira na Volkswagen, nas unidades de São Bernardo do Campo, na região do Grande ABCD, e em São Carlos e Taubaté, no interior de São Paulo. Em assembléia realizada no início da manhã de hoje no ABC, os trabalhadores decidiram pela continuidade do movimento. A paralisação na Volks entra no quinto dia. As outras montadoras fizeram propostas de reajuste de salários e os metalúrgicos devem voltar ao trabalho nesta segunda-feira. Os funcionários da Mercedes-Benz realizam assembléia ainda nesta manhã, para ratificar a decisão de aprovar a proposta oferecida pela companhia. Na Ford, em São Bernardo do Campo, os trabalhadores já fizeram assembléia e confirmaram o acordo.Além da Volkswagen, trabalhadores das empresas metalúrgicas de São Paulo podem entrar em greve neste início de semana. Cerca de oito mil pessoas, filiadas aos sindicatos da Força Sindical, ameaçam paralisar as atividades em 26 empresas da capital em razão do impasse nas negociações salariais. As empresas pertencem ao grupo 10 da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O presidente o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Eleno José Bezerra, disse que, na capital, a saída será buscar acordos por empresas. Segundo ele, as negociações chegaram a um impasse porque o grupo 10, além de insistir no reajuste salarial parcelado, não quer renovar as cláusulas de estabilidade no emprego para os trabalhadores acidentados no trabalho e com doenças profissionais, além das cláusulas sobre hora extra e adicional noturno.Os sindicatos dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul e São José dos Campos, onde estão as fábricas da General Motors, também suspenderam a greve que estava marcada para hoje. segunda-feira. Depois de uma negociação de mais de nove horas, no último sábado, a montadora decidiu acompanhar outros fabricantes e propôs reajuste de 18,01%, referente a inflação dos últimos 12 meses e aumento real de 2%. O aumento valerá para quem ganha até R$ 5 mil. Os trabalhadores com salário acima de R$ 5 mil receberão um valor fixo de R$ 785,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.