finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Termina greve de pilotos da Air France

Após duas semanas, sindicato decide por fim à paralisação mesmo sem chegar a um acordo com a companhia aérea francesa

Reuters, O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2014 | 09h29

 PARIS - Pilotos da Air France decidiram dar fim à greve de duas semanas que aleijou a companhia aérea francesa, disse uma autoridade sindical à Reuters neste domingo, 28.

A disputa girava em torno de planos para a nova operação de baixo custo, que provocaram a greve que tem custado até 20 milhões de euros (25 milhões de dólares) por dia.

"Eu posso confirmar que o SNPL (principal sindicato da companhia aérea) decidiu colocar um fim à greve", disse à Reuters Julien Doboz, porta-voz do sindicato SPAF, que também representa pilotos da Air France.

Ninguém no SPNL ou na Air France estava imediatamente disponível para comentar.

Os pilotos têm tentado pressionar a Air France a oferecer os mesmos contratos àqueles que voam as novas unidades Transavia e aos que a companhia oferece aos próprios pilotos. A empresa tem argumentado que essa demanda é incompatível com o novo modelo de baixo custo.

Os pilotos decidiram terminar a greve sem chegar a um acordo com a companhia aérea francesa, embora as negociações tenham sido retomadas com a diretoria na noite de sábado.

O governo da França controla 16 por cento do grupo e tem um assento no Conselho.

(Reportagem de Astrid Wendlandt e Sophie Louet)

Tudo o que sabemos sobre:
Air Francegrevepilotosfim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.