Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Termômetro Broadcast Bolsa: Expectativa de alta para Ibovespa tomba quase 20 pontos percentuais

Com 14 contribuições, a pesquisa mostra que 35,71% dos participantes esperam alta do Ibovespa entre os dias 24 e 29 de janeiro; para 35,71%, a Bolsa fechará o período em estabilidade

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2021 | 21h00

O mercado financeiro está mais cauteloso sobre o desempenho das ações na próxima semana, revelam os dados do Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira. Com 14 contribuições, a pesquisa mostra que 35,71% dos participantes esperam alta do Ibovespa entre os dias 24 e 29 de janeiro, quase 20 pontos porcentuais abaixo da marca o levantamento da semana passada, de 53,33%. Para outros 35,71%, a Bolsa fechará o período em estabilidade (20,00% no último Termômetro), enquanto a expectativa de queda passou de 26,67% para 28,57%. Até as 14h30, horário de encerramento da pesquisa, o índice de referência do mercado brasileiro apurava perda de 3,22% esta semana.

A última semana de janeiro é de agenda doméstica pesada, com destaque para a divulgação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom) na terça-feira. No documento, o mercado espera ver detalhes sobre a retirada da prescrição futura da política monetária, segundo a qual os juros seguiriam em níveis extremamente baixos desde que cumpridas determinadas condições que, segundo o comunicado da reunião, agora deixaram de ser satisfeitas.

"O Copom deverá detalhar sua leitura sobre os choques de inflação de curto prazo e sobre seu balanço de riscos", afirma o Bradesco, em relatório. Haverá ainda divulgação do IPCA-15 de janeiro, Nota do Setor Externo e dados fiscais. Na avaliação da instituição, o dado de inflação deve mostrar descompressão, influenciada pelo alívio em preços administrados.

Fora da agenda, as atenções seguem voltadas ao noticiário em torno da vacinação contra a covid e eventuais novos aperto nas regras de restrição pelo País, a exemplo do que anunciou hoje o governo de São Paulo. Entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro, das 20h às 6h durante as semanas e durante os finais de semana, todo o Estado ficará na fase vermelha.

Igualmente, será acompanhada a movimentação em Brasília na reta final antes da eleição para as presidências da Câmara e Senado, no dia 1º. O tema das contas públicas também segue no foco, sobretudo após a manifestação dos candidatos ao comando das Casas no Congresso em defesa da retomada do auxílio emergencial, que provocou reação bastante negativa nos mercados.

A temporada de balanços do quarto trimestre começa na próxima semana, com os resultados da Cielo, na terça-feira, 26.

No exterior, os agentes continuarão monitorando a situação da segunda onda do coronavírus, que penaliza em grande escala a Europa e os Estados Unidos. Na agenda, o destaque é o dado preliminar do PIB americano no quarto trimestre, na quinta-feira, 28.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.