Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Termômetro Broadcast Bolsa: Previsão de queda dispara 20 pontos percentuais

Já a projeção de alta da Bolsa para os próximos cinco pregões caiu para 50%, de 66,7% no último levantamento; divulgação de ata do Copom é destaque da semana que vem

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2021 | 21h00

Na semana em que os bancos centrais de Brasil e Estados Unidos enviaram mensagens lidas como conservadoras do ponto de vista da política monetária, o mercado financeiro ficou mais cético sobre o desempenho das ações no curtíssimo prazo. Segundo o Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, a expectativa de queda para o Ibovespa na próxima semana saltou 20 pontos porcentuais, de 8,33% na pesquisa anterior para 28,57%. Ao mesmo tempo, a previsão de ganhos caiu para 50,00%, de 66,67% no último levantamento, enquanto a de estabilidade passou de 25,00% para 21,43%. Hoje, o principal índice da Bolsa brasileira (B3) fechou a semana em queda de 0,80%.

A próxima semana tem como destaques na agenda doméstica a divulgação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom), na terça-feira, que dará mais detalhes sobre o plano de voo do Banco Central na continuidade do aperto da Selic, e o Relatório Trimestral de Inflação (RTI), na quinta. Antes, porém, na segunda-feira, as atenções estarão voltadas à Câmara, onde os deputados vão analisar a Medida Provisória (MP) que encaminha a privatização da Eletrobrás. O texto foi aprovado ontem no Senado por 42 a 37. Entre os indicadores, será divulgado o IPCA-15 de junho, na sexta-feira.

No exterior, a agenda é mais fraca. O Banco da Inglaterra e o Banco do México fazem reunião de política monetária na quinta-feira. Na sexta, nos Estados Unidos, saem os dados de renda e consumo pessoal, incluindo o índice de preços de gastos com consumo (PCE, em inglês), medida preferida de inflação do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), referentes a maio.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.