finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Tesouro analisará dívida dos Estados, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou nesta quinta-feira que será criado um grupo de trabalho, pelo Tesouro Nacional, para analisar as possibilidades de ajudar os Estados e municípios que enfrentam dificuldades fiscais e orçamentárias. Segundo o ministro, a solução a ser discutida pelo Tesouro deverá ocorrer dentro dos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele disse que serão analisados todos os pedidos de Estados e municípios que solicitarem ajuda. Segundo Mantega, a situação mais aguda é do Rio Grande do Sul. "Vamos buscar uma flexibilidade na lei, algum esforço fiscal. Teremos que ser criativos, mas não vou antecipar aqui o que ainda não foi discutido", afirmou Mantega.O ministro esclareceu que não se trata de uma renegociação das dívidas com os Estados e municípios. "Ninguém falou em renegociar, mas em equacionar; em ver como a União pode ajudar o Rio Grande do Sul, sempre dentro das possibilidades legais, vigentes hoje", explicou. Ele lembrou que no passado já houve reestruturação de dívidas com alguns Estados, como o Ceará. Mantega disse que não teme que as declarações do presidente Lula, sobre a revisão das dívidas, gere uma fila de pedidos no ministério da Fazenda. Segundo ele, a pressão dos governadores e prefeitos é permanente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.