Tesouro avalia emissão de bônus globais 2017 e 2037

O Tesouro Nacional afirmou nestaterça-feira que gostaria de emitir bônus globais com vencimentoem 2017 e 2037 para consolidar sua curva de rendimento externo,uma vez que as condições do mercado permitirem. "Podemos dizer que caso as condições de mercado sejamfavoráveis, o Brasil irá realizar emissões externas em 2008",disse o Tesouro à Reuters por email, respondendo uma perguntaformulada há alguns dias. "As emissões, sejam elas em dólar ou real, terão semprenatureza qualitativa, visando consolidar a curva de jurosexterna nessas duas moedas, por meio da construção e manutençãode pontos benchmarks, com destaque para os pontos dos Globais2017 e 2037." A última vez que o Brasil vendeu títulos nos mercadosinternacionais foi em junho de 2007, quando ele elevou aemissão de bônus globais denominados em real com vencimento em2028 em 750 milhões de reais. Outros mercados emergentes, como México, Turquia e Colômbiajá lançaram títulos no exterior este ano, mas o Brasil tem ditoque não está com pressa para emitir e fará isso apenas quandoenxergar a possibilidade de melhorar seu perfil da dívida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.