Tesouro dará empréstimo de US$ 1,5 bi para Chrysler Financial

Recursos irão para novos financiamentos de automóveis para os consumidores, como parte de ajuda ao setor

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

16 de janeiro de 2009 | 16h58

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou um empréstimo de US$ 1,5 bilhão para uma entidade de propósito específico criada (SPE, na sigla em inglês) pela Chrysler Financial. O empréstimo vai financiar a expansão de novos financiamentos de automóveis para consumidores, como parte de um programa mais amplo para ajudar a indústria automobilística, disse o Tesouro.  Veja também:EUA devem sair da recessão no 2º semestre, diz Casa BrancaDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  O empréstimo de cinco anos pagará um taxa de juro composto pela Libor de um mês mais 100 pontos-base no primeiro ano. A partir do segundo até o quinto ano, o juro será composto pela Libor de um mês mais 150 pontos-base. O empréstimo será assegurado pela securitização dos novos financiamentos que serão gerados. A Chrysler Holding servirá como um fiador para certos contratos da Chrysler Financial. A SPE criada pela Chrysler Financial vai emitir garantias ao Tesouro na forma de notes adicionais em volume equivalente a 5% do tamanho total do empréstimo.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraSetor Automotivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.