Tesouro Direto registra R$ 1,284 bilhão em vendas em junho

Tesouro Direto registra R$ 1,284 bilhão em vendas em junho

Subtraindo os R$ 524,8 milhões de resgastes do mês passado, o estoque chegou a R$ 32,8 bilhões, o que representa crescimento de mais de 78% em relação ao montante acumulado de um ano atrás

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2016 | 16h13

BRASÍLIA - As vendas de títulos públicos no programa Tesouro Direto somaram R$ 1,284 bilhão em junho, de acordo com balanço divulgado nesta quinta-feira, 21, pelo Tesouro Nacional. Já os resgates totalizaram R$ 524,8 milhões no mês passado.  Com isso, o estoque do Tesouro Direto chegou a R$ 32,8 bilhões em junho, um aumento de 3,5% em relação a maio, quando estava em R$ 31,7 bilhões. Na comparação com junho de 2015, o crescimento foi de 78,7% em relação aos R$ 18,3 bilhões de estoque de um ano atrás.

Os títulos remunerados por índices de preços continuam respondendo pelo maior volume no estoque, com 61,8%. Na sequência, aparecem os títulos indexados à taxa Selic (20,6%) e os papéis prefixados (17,5%). A maior parte dos títulos tem prazos de vencimento entre 1 e 5 anos (58,4%). 

Com 66.218 novos participantes cadastrados no Tesouro Direto em junho, o número total de investidores em títulos públicos nessa modalidade chegou ao recorde de 834.835, com um aumento de 60% nos últimos doze meses. Já a quantidade de investidores ativos chegou a 306.680, um acréscimo de 86,7% em doze meses. 

Em junho, foram realizadas 126.159 operações de venda de títulos, das quais 71,9% tiveram valor de até R$ 5 mil, indicando a grande utilização do programa por pequenos investidores. O valor médio por operação no mês passado foi de R$ 10.184,06. 

Mais conteúdo sobre:
Tesouro Nacional Selic

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.